O LÚDICO E A PSICOMOTRICIDADE

Ester de Paula Oliveira

Resumo

Esse artigo apresenta reflexões sobre o lúdico e a psicomotricidade. A psicomotricidade considera a pessoa de forma global, portanto, sintetiza o psiquismo e as habilidades motoras, de forma a permitir que o indivíduo se adapte de forma flexível e harmoniosa ao meio que o cerca, desenvolvendo as capacidades necessárias do indivíduo por meio de o movimento. Ao longo do tempo, inúmeras atividades foram incluídas no conceito de psicomotricidade, razão pela qual foi estendido a novos campos. Hoje ocupa um lugar muito importante na formação inicial, pois há uma inter-relação entre o desenvolvimento motor, afetivo e intelectual. A psicomotricidade favorece a relação das crianças com o seu meio, sem nunca esquecer as diferenças, interesses e necessidades de cada um. Durante os primeiros sete anos de vida deve-se aproveitar a plasticidade do cérebro e estimular a geração de um maior número de conexões neuronais por meio do movimento do corpo. Já o lúdico permite que a criança brinque livremente, desenvolvendo toda parte psicomotora, por meio dos movimentos que ela realizada durante as brincadeiras, sendo elas direcionadas ou não.

Palavras-Chave: 

Brincadeiras; Capacidades Necessárias; Desenvolvimento.

PDF_ico.png