A INCLUSÃO DESDE A PEQUENA INFÂNCIA

Amanda Manzoli Bertucci Bernardini

Resumo

Este artigo apresenta questões associadas à inclusão na tenra idade, contudo a inclusão feita com a lógica da aceitação social, levando em conta a necessidade de se oferecer toda a infraestrutura necessária para desenvolver e exercitar as competências e habilidades da criança pequena. A educação é um direito assegurado por lei constitucional a toda a criança com ou sem necessidades especiais, deve-se respeitar e aprender a trabalhar e conviver com as singularidades de cada um. Neste âmbito, a Escola deve, por sua vez, romper com as barreiras para atender as necessidades de todos, tanto nas necessidades físicas como nas pedagógicas. Na busca de uma escola mais receptiva, com visão de incluir o diferente, aponta-se a necessidade dos profissionais que atuam diretamente com as crianças que tem necessidades especiais, estarem capacitados e aptos para o atendimento desta criança, se comprometendo a valorizar os costumes e as diferenças físicas e psicológicas, para possibilitar ao educando a possibilidade de participar de uma escola que o aceite como pessoa que tem sim suas limitações, porém que busca viver como todos os outros cidadãos.

Palavras-Chave: 

Inclusão; Necessidades especiais; Escola; Professor.

PDF_ico.png