RESISTÊNCIAS PARA IMPLANTAÇÃO DE POLÍTICAS CICLOVIÁRIAS: LEVANTAMENTO E ANÁLISE PARA A CIDADE DE CUIABÁ, MATO GROSSO

Maria Luiza Queiroz Brandão

Resumo

Este artigo identifica quais foram as dificuldades para que a ênfase no transporte cicloviário em Cuiabá, Mato Grosso possa se tornar uma realidade. Descreve-se o cenário da infraestrutura cicloviária antes e após Copa do Mundo 2014. Foi utilizado um questionário online¬ com as barreiras e agrupadas em quatro fatores: 1. Segurança, conforto e atratividade; 2. Clima e relevo; 3. Educação, conscientização e responsabilidade social; 4. Gestão pública e infraestrutura urbana. Foi também analisado o grau de dificuldades de cada barreira: se forte, mediana ou fraca. Alguns resultados surpreenderam, quebrando alguns mitos tais como pedalar na chuva, no calor e sob o sol forte, e em topografia acidentada. Outras barreiras foram entendidas sendo de difícil solução, não trazendo surpresas. O estudo possibilita entender a dimensão das dificuldades, desmistificando fatores que impedem o aumento de adeptos e um maior conforto aos ciclistas.

Palavras-Chave: 

Bicicletas; Ciclovias; Mobilidade Urbana; Cuiabá.

PDF_ico.png