QUANDO A BRINCADEIRA PERDE A GRAÇA E VIRA BULLYING?

Elizabete Lima de Matos Pedrosa

Resumo

A linha tênue entre brincadeira e zoação passa pelo que sente que está sob o foco dos comentários. Sem dúvida a amizade e camaradagem permite alguma liberdade para a zoação entre amigos e as brincadeiras, desde que não traga constrangimento e humilhação, é aí o diferencial que precisa ser observado. Para quem faz a brincadeira, pode parecer normal, mas para quem está sob o foco dos comentários, certamente algumas brincadeiras poderiam ter sido evitadas. O respeito ao outro é a medida entre a brincadeira e o bullying.

Palavras-Chave: 

Respeito; Empatia; Diversidade.

PDF_ico.png