APLICATIVOS MÓVEIS COM POTENCIAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA

Vanessa Rakel de Moraes Dias, Rosângela Madalena Ferreira

Resumo

As tecnologias digitais móveis, como tablets e smartphones, podem ser utilizadas tanto no ensino presencial como a distância, potencializando os processos de ensino e aprendizagem. Nesse contexto, o objetivo deste estudo foi um levantamento e sistematização de apps disponíveis para sistema operacional Android, gratuitos e em português, que possam ser utilizados nos processos de ensino e aprendizagem de Química. Para tanto, foi realizada uma busca e classificação dos apps da loja virtual Google Play Store. Posteriormente, foi feita uma análise do ambiente virtual de apps com experimentos de Química. Foram identificados, avaliados e classificados 105 apps gratuitos e no idioma português, organizados em um quadro para consulta pelo professor. Entre os apps avaliados, dois simulam o ambiente de um laboratório de Química. Estes tem potencial para serem utilizados, principalmente, na educação a distância, em que o estudante não tem contato constante com atividades em laboratório físico. Estes apps podem auxiliar o professor na seleção de material didático para as aulas de Química tendo potencial para serem utilizados tanto no ensino presencial como a distância. Entretanto, ficou evidente que há a necessidade de desenvolvimento de novos apps ou a tradução para o idioma português daqueles já existentes.

Palavras-Chave: 

Apps didáticos; Dispositivos móveis; Mobile learning.

PDF_ico.png