PALÁCIO DA BOA VISTA: TENTATIVAS DO CONDE GALVEIA PARA A SUA PRESERVAÇÃO

Narapoam Soares de Souza

Resumo

O presente trabalho descreve os resultados de uma pesquisa de caráter bibliográfico, que teve como objetivos: investigar os impactos patrimoniais causados pelas reformas na cidade; relatar as transformações ocorridas no Recife para o embelezamento da cidade e entender a influência europeia, em especial os franceses na sociedade recifense durante esse período histórico. Esse período foi marcado pela influência europeia que levou os governantes a buscar o embelezamento nas suas principais cidades, no Brasil isso refletiu em reformas urbanas, principalmente nas capitais. O Recife também passou por essa febre modernista com as lideranças e do Barão de Boa Vista. Nesse artigo destacaremos a liderança do Barão que se empenhou na construção de muitos prédios, demolindo muitos outros já existentes, entre eles o palácio da Boa Vista que não está preservado, embora muito se tenha tentado para a sua preservação. Para realização do presente artigo, utilizou-se metodologicamente da pesquisa bibliográfica. Teve como embasamento teórico os seguintes autores: Arantes (2010); Cantarelli (2017); Freyre (2007); Lopes (2000); Lubambo (1991); Poulot (2012); Quintas (2007) Zanirato e Ribeiro (2006) entre outros.

Palavras-Chave: 

Reformas; Impactos; Patrimônio; Preservação.

PDF_ico.png