OS IMIGRANTES NA PERCEPÇÃO DA CULTURA BRASILEIRA E AS SUAS DIFICULDADES NO DIA A DIA

Helena Santos da Silva Francisco dos Santos

Resumo

O artigo tem o intuito de humanizar a figura do imigrante perante a sociedade. A seguir, iremos ver a situação haitiana após o terremoto que ocorreu em janeiro de 2010 e como ele se faz importante para que abrisse a reflexão não só com o haitiano, mas também com outros povos que buscam acolhimento no Brasil. Tomaremos como base para essa reflexão os conceitos de Santos (2012), um geógrafo conceituado, bem como Silva (2015), que possui um vasto estudo acerca do tema, unido a eles, dados oficiais advindos do IBGE e da ONU que mostram numericamente a real situação do imigrante seja no Brasil ou no mundo. Abordaremos a questão da migração como um todo e posteriormente daremos ênfase no haitiano e outros imigrantes que vieram para o Brasil. Será esmiuçada a questão da dificuldade de um povo que vem de outro país e precisa se adaptar a uma realidade totalmente diferente daquela que está habituado. Por fim, discutiremos medidas que já foram tomadas e que ainda precisam ser realizadas a fim de tornar a política migratória mais humanizada.

Palavras-Chave: 

Haiti, Brasil; Imigração; Dificuldade; Humanizada.

PDF_ico.png