O ENSINO E A PRÁTICA ESCOLAR

Valquiria Aparecida Pereira

Resumo

A presente pesquisa pretende discutir as questões referentes ao processo do ensino aprendizagem conforme os princípios marxistas, os quais fundamentam a construção da pedagogia histórico-crítica e da psicologia histórico-cultural. Para isto buscar-se-á a fundamentação teórica em autores como Saviani (1994, 1997), Vygotsky (1984), Leontiev (1978), Luria (1979a, 1986), Martins (2011, 2013). A pedagogia histórico-crítica postula que o ato educativo é mar-cado pela intencionalidade do professor, na medida em que ele é o responsável pela organização do ensino em sala de aula tendo como objetivo garantir a apropriação do conhecimento sistematizado pelo aluno. Neste mesmo sentido, a psicologia histórico cultural compreende que a aprendizagem dos conheci-mentos escolares é fundamenta para o desenvolvimento das funções psicoló-gicas superiores. A educação escolar corrobora o enriquecimento não a forma-ção, inserido socialmente, produtor de cultura sempre são superiores. Alçamos patamares no desenvolvimento do pensamento e existe pensamento mais de-senvolvido, pensamento por conceitos é um pensamento mais complexo, mais elaborado, mais desenvolvido do que o pensamento empírico que é também pensamento abstrato, mas que é empírico que é mais desenvolvido do que os pseudoconceitos e assim sucessivamente.

Palavras-Chave: 

Pedagogia Histórico-Crítica; Psicologia Histórico-Cultural; Ensino; Aprendiza-gem.

PDF_ico.png