A IDENTIDADE DOCENTE NA FORMAÇÃO DO OFICIAL DA POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ: UM OLHAR SOBRE A SELEÇÃO E CAPACITAÇÃO DOS OFICIAIS COORDENADORES

Alison Sczepanski

Resumo

O atual cenário da segurança pública no Brasil tem se mostrado cada vez mais complexo e permeado de questionamentos pela sociedade em geral, sendo a formação policial militar um dos assuntos mais discutidos neste contexto. Considerando o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Paraná (CFO-PM) como um dos cursos mais constantes e relevantes da instituição, e procurando colaborar com a cientificidade da formação policial militar, a presente pesquisa objetivou compreender a identidade docente dos Oficiais Coordenadores do CFO-PM, tendo por base os saberes docentes expostos por autores como Tardif (2002), Pimenta (2002) e Gauthier (2013). Partindo de uma pesquisa exploratória e qualitativa, com obtenção de dados a partir dos relatos de profissionais que desempenharam a função entre os anos de 2009 e 2019, procurou-se identificar o panorama de seleção, preparação e capacitação destes profissionais para o exercício desta função. Considerando a análise dos dados, percebeu-se que a identidade docente destes profissionais se forma pelas características pessoais e profissionais necessárias para atividade, bem como pelos parâmetros de capacitação ligados à área pedagógica e do ensino policial. Assim, concluiu-se que a complexidade da seleção e capacitação pode ser minimizada por estudos criteriosos e científicos sobre a temática pela PMPR.

Palavras-Chave: 

Identidade docente; Formação policial militar; Oficial Coordenador.

PDF_ico.png