O DISCURSO CAPITALISTA NA SOCIEDADE UNIDIMENSIONAL

Fernando Ferreira Lemes

Resumo

O artigo discute as problemáticas da sociedade capitalista sob a teoria do homem unidimensional a partir das reflexões de Herbert Marcuse. Também busca estabelecer uma conexão entre os conceitos apresentados pelo autor e os discursos instituicionais que visam perpetuar a submissão do trabalhador a lógica da super produção industrial. O objetivo deste artigo é apresentar como o Homem Unidimensional de Marcuse ainda é relevante na era digital. Visto que a sociedade industrial, para ele, é marcada pela abundância e pelo excedente, mas essa sociedade ainda é oprimida por um novo tipo de escravidão, a chamada escravidão voluntária. O apoio teórico conta com os escritos de Bauman (2008), Marcuse (1964), Santos (2001), entre outros.

Palavras-Chave: 

Homem unidimensional; Sociedade industrial; Capitalismo; Consumismo.

PDF_ico.png