LYGIA CLARK E SUAS EXPERIÊNCIAS PROPOSITORAS EM EDUCAÇÃO

Mayara Fiorito Faraco

Resumo

O texto se desenvolve a partir de pequenos compartilhamentos de descobertas e reflexões acerca da artista mineira Lygia Clark (BH1920 - RJ1988), quando atuou como professora propositora. Lygia atou no ensino formal em dois momentos, entre 1960-1961 no Instituto Benjamin Constant do Rio de Janeiro e entre 1972-1976 na universidade da Sorbonne em Paris. Em especial, neste último período focarei na proposição coletiva Rede de Elástico de 1974. Espero, com o presente trabalho, criar novas possibilidades de trajetos poéticos no campo da arte e educação.

Palavras-Chave: 

Lygia Clark; Proposições; Arte-educação.

PDF_ico.png