EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA AGENDA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA E.M. BELAS ÁGUAS, ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE SÃO BENTO – MA

Gilberto Matos Aroucha

Resumo

Esta investigação teve como ponto de partida encontrar resposta ao seguinte problema: até que ponto a E.M Belas Águas, localizada no povoado do mesmo nome têm contribuído para promover a educação ambiental? Em decorrência de tal pergunta, a investigação teve como objetivo geral verificar, quais são as ações ambientais praticadas pela escola Belas Águas, que resultados significativos se traduzem em práticas pessoais no dia a dia dos seus discentes. Para a efetivação deste estudo, foi realizada uma pesquisa empírica do tipo descritiva, sobretudo na forma de trabalho de campo. Os dados obtidos foram analisados e apresentados os seus resultados em gráficos. Foi observado que os resultados se mostraram concernentes com as abordagens de importantes autores da literatura sobre o assunto. Pode-se concluir que as ações de educação ambiental promovem mudanças de comportamento e despertam nos estudantes certo interesse para encontrar soluções para as problemáticas ambientais, todavia, para além do reconhecimento de valor e do interesse que os participantes têm sobre as questões ambientais, é necessário que a escola avance mais ainda para que se tornem mais frequentes as ações de educação ambiental no dia a dia dos discentes e que se desenvolvam novas ações e planos voltados à preservação do meio ambiente na localidade.

Palavras-Chave: 

Educação Ambiental; Percepção; Conservação e Preservação Ambiental.

PDF_ico.png