DIDÁTICA E ORIENTAÇÃO POLÍTICO-PEDAGÓGICA:
CONTRIBUIÇÕES DE FLORESTAN FERNANDES

Elson dos Santos Gomes Junior

Resumo

Este trabalho apresenta a importância da obra de Florestan Fernandes (1920-1995), como recurso de enriquecimento didático e de orientação político-pedagógica. Assim, considerando sua sociologia crítica e sua preocupação em tornar a educação um instrumento da “radicalização democrática”, identificamos neste aparato analítico importante contribuição para o cotidiano da construção do conhecimento. De modo geral, este não deve ser delimitado pelo o âmbito escolar, mas sim, fonte de transbordamento cujos objetivos espraiam-se para o social, o político e, de modo geral, para a história. Educar assim, para a radicalização democrática, encontra-se no cerne de uma pedagogia crítica e descontente com as desigualdades que, além disso, não aceita o formalismo conservador e conciliador como alternativa de coexistência social entre classes.

Palavras-Chave: 

Florestan Fernandes; Didática; Enriquecimento Político-Pedagógico.

PDF_ico.png