A PROGRAMAÇÃO NEUROLÍNGUISTICA: SEU POTENCIAL PARA APRENDER E ENSINAR

Elias Eduardo da Silva

Resumo

Neste artigo, descreve-se a natureza da Programação Neurolinguística e exploramos seu potencial de aprendizagem e ensino. A PNL parece ter muito potencial para a educação em todos os níveis, mas também precisa de pesquisa e avaliação crítica. Nossa intenção geral é ajudar a construir uma ponte entre os mundos da PNL e da educação formal. A PNL foi definida de várias maneiras, frequentemente em sua literatura promocional como (por exemplo) 'a arte da excelência da comunicação' ou 'o estudo da estrutura da experiência subjetiva'. Essas definições refletem uma tensão dentro da PNL, na medida em que é tanto uma tecnologia para comunicação e desenvolvimento pessoal, e (como alegou ser originalmente) uma metodologia ou processo de modelagem. A PNL parece ter muito potencial para ensino e aprendizagem. Existem, por exemplo, implicações profundas na adoção de uma epistemologia cibernética subjacente na prática da educação. Existem muitos exemplos possíveis de aplicações ao nível da técnica na educação e formação. A PNL é comumente usada para oferecer soluções para problemas encontrados no ensino, por exemplo, relacionados ao gerenciamento da sala de aula.

Palavras-Chave: 

Comunicação; Educação; Potencial.

PDF_ico.png