A QUESTÃO ÉTNICO-RACIAL NO ENSINO DE HISTÓRIA E AS METODOLOGIAS IMERSIVAS

Carla Pereira da Silva

Resumo

O presente artigo tem por interesse central a discussão acerca das práticas e metodologias do ensino de história na dimensão da reflexão crítica acerca das relações étnico-raciais neste ambiente. Sendo assim, o objetivo da investigação é correlacionar a prática do ensino de história com o desenvolvimento crítico de jovens educandos por meio das chamadas metodologias imersivas. Deste modo, inicia-se por apresentar a questão das relações étnico-raciais no ensino de história a partir de considerações sobre as metodologias imersivas, assim como sua caracterização. Em um segundo momento, na mesma intencionalidade, apresenta-se as potencialidades destas metodologias tanto para o ensino-aprendizagem, quanto para o desenvolvimento integral dos educandos. A pesquisa se caracteriza essencialmente pela abordagem qualitativa descritiva, em que se fundamenta em arcabouço teórico metodológico de princípios construtivistas e da psicologia histórico-cultural.

Palavras-Chave: 

Ensino de História; Metodologias Imersivas; Relações Étnico-Raciais.

PDF_ico.png