OS DISCURSOS DOS SUJEITOS CONTEMPORÂNEOS X A UNIVERSIDADE

Maria Aparecida Gomes Barbosa

Resumo

Este artigo, que é um recorte da tese intitulada Mídias hipertextuais, produção escrita e letramento na educação superior tem por objetivo discutir como surgiu o fato social que é objeto de estudo desta tese, ou seja, os múltiplos comportamentos linguísticos dos jovens contemporâneos que na maioria das vezes não são reconhecidos no ambiente universitário. Está dividido em três seções, a saber: (i) a postura dogmática na escola e na universidade; (ii) a educação superior no Brasil; e (iii) a universidade e a cultura escrita. Exponho aqui como surgiu o fato social objeto de estudo desta tese e os inúmeros discursos dos jovens contemporâneos que não são reconhecidos pela instituição escolar, da educação básica à universidade. O embasamento teórico é trazido à luz de: Anderson (2004); Bianchetti (2012); Bourdieu (2003); Kuhn (2001); Meksenas, 2008), entre outros.

Palavras-Chave: 

Sujeito; Discurso; Universidade.

PDF_ico.png