OS CAMINHOS DA CRIANÇA NO DESENHO

Neusa das Dores Alvim Siqueira

Resumo

Neste artigo apresenta-se dois elementos cruciais que podem orientar e compreender o grafismo infantil, sendo o desenho infantil e a arte que estão interligados. Utilizamos como base para desenvolver este estudo, pesquisas bibliográficas referente ao assunto tratado. O principal propósito aqui foi compreender como o desenho infantil é produzido pela criança, as implicações da disciplina de Arte e a contribuição pedagógica. Esses três pontos reforçam um olhar para as habilidades de cada criança de maneira que contribua para uma possível leitura do mundo de forma autônoma, criativa e crítica. A escola é o lugar que apresenta condições para estimular e incentivar o desenvolvimento do grafismo infantil, tal conjunto de inovações e estímulo traz luz à novos estudos sobre o desenho infantil fornecendo ideias e tendo o desenho como atividade expressiva que transfere a produção, a apreciação e a reflexão para que a criança estabeleça relação entre o fazer, ler imagem e compreender a história da arte, com o propósito de dar subsídios para dialogar sobre os caminhos do desenho da criança, levando em consideração suas frustrações ou sucessos e assim propiciando uma gama de possibilidades em torno do desafio da arte de desenhar e como são essas representações nos desenhos elaborados pela criança. Considerando a diversidade das abordagens para o estudo do desenho infantil, devido a sua pluralidade apresentam também elementos que possam contribuir para a prática pedagógica dos professores.

Palavras-Chave: 

Arte; Criança; Desenho.

PDF_ico.png