O PAPEL DO GESTOR ESCOLAR, PRÁTICAS EMERGENTES E INOVADORAS – POR UMA TRIADE PEDAGÓGICA: ESCOLA DEMOCRÁTICA, PARTICIPATIVA E INOVADORA

Marylin Cardoso Henrique, Hildeci de Souza Dantas

Resumo

O presente artigo é parte integrante de um estudo realizado com pesquisa-estudo bibliográfico voltado à gestão escolar, em especial, ao campo do saber: escola democrática, participativa e inovadora. O trabalho em si tem participação cunhada dos autores na busca por compreender no que há de melhor na construção de uma escola diretiva, ou seja, gestão diretiva com maior ênfase no trato democrático. Sendo por sua vez traçado um elo de gestão escolar e pedagogo gestor e/ou gestor pedagogo pelo trato de maior participação, inovação e práticas emergentes para os dias contemporâneos. Nesse contexto, os autores trabalharam as temáticas pela plenitude do olhar do diretor escolar pelo viés de suas práticas emergentes bem como as inovações percorridas ao longo de gestão diretiva e sua tríade pedagógica, a saber: escola democrática, escola participativa e escola inovadora. Sobretudo, alinhou-se para este trabalho aspectos de gestão mais acurada de inovação pedagógica de gestão.

Palavras-Chave: 

Gestão Escolar; Práticas Emergentes; Escola Democrática; Gestão Participativa e Inovadora.

PDF_ico.png