MÍDIAS DIGITAIS, PRODUÇÃO ESCRITA E LETRAMENTO NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Maria Aparecida Gomes Barbosa

Resumo

O presente estudo investigativo apresenta um ensaio teórico sobre o impacto das mídias digitais no processo educativo da formação do sujeito real, mediante a produção de escrita com letramento viabilizado pelas ferramentas digitais. A tecnologia na sociedade contemporânea é a propulsora de diálogos interativos entre sujeitos com culturas diferenciadas, o que permite romper com o distanciamento, é nessa perspectiva que o sujeito real que se encontra na academia é moldado por essa cultura digital, o que exige novos moldes de ensinar e apreender, pois o que se encontra em processo formativo precisa ter habilidade tecnológica para atender à necessidade dos seus futuros aprendizes. Diante da abordagem teórica, foi possível constatar que o jovem contemporâneo é inserido em uma cultural digital na qual os ambientes são literalmente bombardeados por estímulos auditivos, visuais e sensoriais, em que experimentam vivências, manifestam comportamentos, produzem discursos e realizam aprendizagens que em determinadas situações não são adequadamente incorporadas pela escola. A cultura universitária via de regra entra em conflito com a cultura pós-industrial, fortemente marcada pelas mídias hipertextuais, as quais promoveram significativas mudanças nos modos de produção do conhecimento.

Palavras-Chave: 

Mídias; Escrita; Letramento.

PDF_ico.png