A COMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA (C.N.V) COMO INSTRUMENTO/FERRAMENTA DE ATUAÇÃO DAS COMISSÕES DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS NAS ESCOLAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

Arlete Marques Barbosa

Resumo

A necessidade das Comissões de Mediação de Conflitos das unidades de Educação Infantil da Prefeitura Municipal de São Paulo terem instrumentos /ferramentas de atuação nas mediações, cotidianamente, é essencial. Trata- se de uma temática complexa que requer capacitação constante. Não basta criar estas Comissões como preconiza a Legislação Municipal e os membros carecerem de formação para atuação eficaz. Nesta perspectiva o estudo, reflexão e apropriação das possibilidades que a Comunicação Não Violenta (C.N.V) representa, proporciona uma excelente possibilidade de capacitação para atuação na mediação de conflitos. Além de subsidiar tecnicamente esta atuação os conhecimentos que a Comunicação Não Violenta traz reverbera na ampliação da qualidade das relações interpessoais e no clima organizacional da unidade de educação .Consequentemente influenciando positivamente na ampliação da qualidade do processo ensino- aprendizagem das crianças atendidas e de toda a comunidade escolar, incluindo, principalmente as famílias atendidas neste processo.

Palavras-Chave: 

Mediação de Conflitos; Comunicação Não Violenta; Relações Interpessoais.

PDF_ico.png