CURRÍCULO CENTRADO EM COMPETÊNCIAS NA GRADUAÇÃO: UMA LEITURA A PARTIR DAS DIMENSÕES HISTORICISTA E CIENTÍFICA CONCEBIDAS POR DEWEY E RORTY

Jovina da Silva, Francisco Renato Lima

Resumo

O propósito deste texto, situado no campo de interlocução entre a Filosofia e a Educação, é refletir sobre a concepção de currículo centrado em competências na graduação, a partir das lentes do pragmatismo de John Dewey e do neopragmatismo de Richard Rorty, respectivamente, nas dimensões historicista e científica concebidas por ambos. A questão norteadora do estudo consiste em se compreender: como o pragmatismo deweyano e o neopragmatismo rortyano contribuem para a compreensão e a construção de um currículo centrado em competências no contexto dos cursos de graduação na atualidade? A trajetória metodológica caracteriza-se como de abordagem qualitativa, caráter bibliográfico e exploratório, como itinerário para se obter a compreensão das teses da Filosofia pragmática e neopragmática, bem como, a contribuição dessas correntes para subsidiar um olhar acerca da concepção de currículo centrado em competência no Ensino Superior contemporâneo. O resultado aponta que embora a concepção e a legalidade sobre currículo centrado em competências tenha ganhado credibilidade atualmente, as discussões sobre essa temática têm raízes históricas em pensadores que defendem uma formação que articula teoria e prática, o pensar e o fazer integrados, onde os sujeitos têm autonomia e protagonismo nas decisões e pensamento, respeitando as ideias dos outros.

Palavras-Chave: 

Currículo Centrado em Competências; Educação; Filosofia; Dewey; Richard.

PDF_ico.png