A UTILIZAÇÃO DE AERONAVES REMOTAMENTE PILOTADAS (RPAS) PELA POLÍCIA MILITAR

Marcos Jessé Caetano, Alex Sandro Pacheco

Resumo

Com o surgimento de aeronaves não tripuladas e seu crescimento no mercado, surge a oportunidade de pesquisar sobre o a utilização dos drones na segurança pública pela Polícia Militar. Para a utilização segura desses equipamentos foi preciso a normatização e o estabelecimento de restrições, em virtude da proteção dos direitos fundamentais previstos na Constituição Federal Brasileira. A forma da utilização tecnológica e a aplicação na segurança pública são tratados neste estudo. O objetivo geral é analisar a viabilidade da utilização das Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPAS) como forma de policiamento na Polícia Militar. Assim, será realizado a identificação dos tipos de policiamento que as RPAS podem auxiliar, o estudo dessas novas tecnologias, equipamentos e estudos de caso que podem contribuir com a PM. Em relação a metodologia, a pesquisa caracteriza-se como bibliográfica. Foi pesquisado sobre os policiamentos e a aplicação das RPAS nas operações militares, visto que a inclusão dessas tecnologias implica mudanças institucionais é necessário tem em vista os reflexos dessas transformações. Foi possível concluir que a implementação de RPAS pela Polícia Militar gera benefícios para a segurança pública e contribui para maior segurança tanto para os policiais quanto para a população em geral.

Palavras-Chave: 

Tecnologia; Inovação; Aeronaves Remotamente Pilotadas; Policia Militar; Policiamento; Drones.

PDF_ico.png