A FORMAÇÃO CONTINUADA NA REDE ESTADUAL DO MATO GROSSO: A PERCEPÇÃO DE UM GRUPO DE PROFESSORES

Maria Paula Paulino Ramos Pinto de Castro, Carmem Lúcia Costa Amaral

Resumo

Nas últimas décadas a Secretaria de Educação do Estado do Mato Grosso vem fortalecendo a política de desenvolvimento da educação oferecendo cursos de formação continuada para os professores da Educação Básica de todas as áreas do conhecimento. Com a Lei 9394/96 houve um grande salto na educação brasileira especialmente em Mato Grosso que transferiu a responsabilidade de formar professores em nível superior para a Superintendência de Desenvolvimento Profissional. As políticas de incentivo e melhoria da qualidade da educação básica em Mato Grosso ganharam força em 2010 com o lançamento das Orientações Curriculares de Mato Grosso para o ensino fundamental e médio por meio da Secretaria do Estado de Educação de Mato Grosso (SEDUC-MT).Neste sentido este trabalho apresenta o resultado de uma pesquisa que teve como objetivo investigar a percepção de um grupo de professores do estado de Mato Grosso quanto ao seu desenvolvimento profissional docente e a contribuição dos cursos de formação oferecidas pelo Estado para o exercício de sua profissão. A pesquisa configura-se como estudo de caso realizado com cinco professores de uma escola pública estadual. Na narrativa dos professores fica claro a solicitação por cursos específicos na área, especialmente para o componente curricular de Química, entretanto todos consideram a formação continuada realizada na escola imprescindível para seu desenvolvimento profissional.

Palavras-Chave: 

Desenvolvimento Profissional; Formação; Química.

PDF_ico.png