REPENSANDO O ECOTURISMO COMO ATIVIDADE SUSTENTÁVEL E INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA DINÂMICA ACADÊMICA

Magda Beatriz de Almeida Matteucci, Antonio da Costa Neto

Resumo

O artigo objetiva avaliar o ecoturismo como instrumento de Educação Ambiental numa dinâmica com discentes de duas turmas do componente curricular Ecoturismo e Meio Ambiente, integrante do Núcleo Livre da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás. Foi realizada em aulas síncronas, com fins acadêmicos e atendendo ao conjunto de construtos e pressupostos. As turmas eram compostas por estudantes de diferentes cursos da UFG: Agronomia, Medicina Veterinária, Biologia, Educação Física, Filosofia, Geografia, Ciências Econômicas, Biomedicina, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Florestal entre outros. A metodologia foi a qualitativa e a análise uni variada. Inicialmente o(a)s participantes refletiram sobre o tema e posteriormente foram convidado(a)s a responderem a questão: Como o Ecoturismo pode ser uma ferramenta de Educação Ambiental? Os resultados antes de serem analisados foram testados por um detector de plágios, o CopySpider. Todos os participantes relacionam o ecoturismo ao viés conservacionista da educação ambiental, 10% creditam a beleza cênica a responsabilidade por despertar no ecoturista a consciência da necessidade de preservar/ conservar a natureza. A promoção do bem-estar e a qualidade de vida ambas preconizadas tanto na conceituação da educação ambiental quanto do ecoturismo é pouco constatada neste estudo, o mesmo acontecendo com a cultura sequer mencionada.

Palavras-Chave: 

Ecoturismo; Educação Ambiental; Conservação Ambiental.

PDF_ico.png