PSICOLOGIA, ESCOLA E INCLUSÃO: UMA ANÁLISE HISTÓRICO CULTURAL

Fabiana Darc Miranda

Resumo

O objetivo do presente artigo é discutir sobre Psicologia escolar e social, Escola e Inclusão a partir de uma análise histórico cultural e aas questões históricas envolvendo a estreita ligação das temáticas e campos de pesquisa. O Brasil, atualmente, conta com uma grande diversidade social da população em idade escolar frequentando os espaços escolares, no qual antigos discursos e práticas, condicionados a modelos de organização escolar advindos do regime militar (sinalizados por comportamentos padronizados de respeito e obediência, tinham e têm ainda imenso valor), estão atravessando uma crise processual. Dessa forma, a história da Psicologia brasileira nos espaços institucionais pode ser identificada desde os tempos coloniais, quando preocupações com a educação e a pedagogia traziam elaborações sobre o fenômeno psicológico. As transformações históricas da sociedade brasileira impuseram uma maior preocupação com as questões educacionais e, consequentemente, com a problemática pedagógica. Assim, a educação foi uma das áreas mais importantes para a consolidação da psicologia enquanto uma prática autônoma no Brasil.

Palavras-Chave: 

Primeira palavra; Segunda palavra; Terceira palavra.

PDF_ico.png