O ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL E PRIMEIROS ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Luciene Duarte Batista

Resumo

O presente artigo investiga o ensino de línguas estrangeiras na educação infantil e primeiros anos do Ensino Fundamental. O objetivo principal deste trabalho é avaliar como se procede o ensino dos idiomas estrangeiros e a oferta desta disciplina para os estudantes tanto da rede pública quanto particular de ensino no país. Especificamente, busca-se trabalhar de maneira que o desenvolvimento da criança no aprendizado de línguas estrangerias aconteça de acordo com respaldo normativo e que tenha um caráter humanístico, propiciando subsídios necessários para o ensino-aprendizagem de maneira efetiva. Serão observados dados históricos a respeito da evolução do ensino de idiomas estrangeiros para crianças no Brasil, baseados em documentos oficiais que regulamentam o ensino desta disciplina. Investigamos ao longo do trabalho os fatores importantes para a aprendizagem de língua estrangeira e por meio do contexto socioeducacional, vincular as contribuições psicopedagógicas que enriquecem a formação das crianças como um ser integral. Esperamos contribuir para o aprimoramento profissional dos docentes e com os resultados dos benefícios da aprendizagem de idiomas na educação infantil e nos primeiros anos do ensino fundamental.

Palavras-Chave: 

Aprendizagem de língua estrangeira; Psicopedagogia; Ensino Fundamental.

PDF_ico.png