GEOLOGIA FORENSE E SUAS APLICAÇÕES

Élida Tenaile Furtado de Oliveira, Rosemery da Silva Nascimento

Resumo

Este artigo apresenta dados de levantamento bibliográfico sobre o tema geologia forense e foi realizado como atividade de pesquisa remota dentro do Grupo PET-Geologia-UFPA. A geologia forense é a área da criminalística que se preocupa com a aplicação dos dados e técnicas que envolve conceitos geológicos dentro da grande área das Ciências da Terra, trata da apuração de questões de inquéritos policiais e processos judiciais que podem chegar aos tribunais. A geologia forense utiliza-se de vários métodos de subdisciplinas da geologia como a geoquímica, geomorfologia, engenharia geológica e geotecnia, além da aplicação em conjunto com outras áreas científicas como a geofísica, medicina e botânica. O primeiro relato da utilização da Geologia na resolução de casos forenses de acordo com a Scientific American (1856), aconteceu na Prússia, onde um barril contendo moedas de prata havia sido esvaziado e seu conteúdo valioso teria sido substituído por areia, por meio do estudo dos grãos de areia o caso foi resolvido. Sua importância é reconhecida mundialmente, porém o Ministério Público (2017) apresenta que de acordo com o último concurso de admissão de peritos criminais de cada Unidade da Federação, apenas 65% dos estados contemplam a carreira do geólogo. Dos 32 cursos de Geologia e 3 de Engenharia Geológica distribuídos em 18 estados, apenas 2 contemplam disciplinas na área da geologia forense.

Palavras-Chave: 

Investigação Criminal; Geociências; Faculdades de Geologia.

PDF_ico.png