AS CONCEPÇÕES E AS PRÁTICAS DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: ENTRE O SABER E O FAZER PEDAGÓGICO DO PROFESSOR

Débora Elen Furtado da Silva, Clemildes Furtado da Silva, Joice Daiana Pompeu Silva

Resumo

O presente artigo trata sobre As Concepções e as Práticas de Alfabetização e Letramento: entre o saber e o fazer pedagógico do/a Professor/a, e tem como objetivo analisar as concepções e as práticas de alfabetização e letramento que permeiam o saber e o fazer pedagógico do/a professor/a. Para isso foi realizado um Estudo de Caso, onde se foi à campo para coletar as informações. Neste sentindo, a referida pesquisa ocorreu com uma professora que atua no 1º ano do ensino fundamental na escola municipal Bom Pastor. Logo verificamos que a alfabetização é o processo de ensino e aprendizagem pela qual todo o aluno passa dentro e fora de sala de aula e o letramento diz respeito à prática de compreender aquilo que se é ensinado. Essas duas práticas de ensino, que apesar de diferentes, precisam andar sempre em conjunto para que se tenha um maior êxito no ensino do aluno, e esse é um dos grandes desafios encontrados por todo o profissional de educação durante a vida escolar do estudante. Desse modo a pesquisa revelou que as práticas de alfabetização e letramento são possíveis de serem trabalhadas na sala de aula com os alunos contribuindo para a aprendizagem dos mesmos.

Palavras-Chave: 

Concepções; Práticas; Alfabetização; Letramento; Professor

PDF_ico.png