A PRÁTICA PEDAGÓGICA MEDIANTE A PSICOMOTRICIDADE E LUDICIDADE EM CRIANÇAS COM TDAH

Ironil Quintiliano de Santa Júnior

Resumo

O presente artigo visa compreender a forma pela qual as atividades psicomotoras e a ludicidade, auxiliam no tratamento de crianças diagnosticadas com Transtorno do Deficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH), embora as manifestações referentes a este distúrbio sejam constantemente discutidas, o seu tratamento é pouco evidenciado. A educação psicomotora assume um papel de base fundamental e indispensável na formação dos fatores cognitivo, afetivo e social na infância, o que garante uma melhor qualidade de vida à criança na sua fase adulta. Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivo principal descrever a importância da Psicomotricidade para o desenvolvimento afetivo, cognitivo e social da criança diagnosticada com TDAH, bem como conhecer o que é e de que forma ela é trabalhada em crianças, buscando assim, coletar dados acerca da psicomotricidade nas atividades de Educação Física para o desenvolvimento das crianças, em especifico, as que apresentam diagnostico de Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). A pesquisa apresenta característica bibliográfica investigativa, onde foram sistematizados e utilizados livros, revistas, teses e dissertações que envolvem este tema, bem como a entrevista da professora de Educação Física que alega os benefícios dessa modalidade no desenvolvimento da criança.

Palavras-Chave: 

Atividades Psicomotoras; Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade; Ludicidade; Desenvolvimento.

PDF_ico.png