AUTISMO E PROTAGONISMO: UM ENCONTRO COM OS AVANÇOS PEDAGÓGICOS

Bruna Ida do Amaral Silva, Jacqueline Maria da Silva, Luciana Sala Pires, Nancy Oliveira Bloise Soares, Rodrigo Oliveira de Lima, Samantha Barbosa de Medeiros, Victor Gabriel Sciola

Resumo

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que afeta a comunicação, a socialização, e a sensibilidade sensorial. As primeiras manifestações do transtorno ocorrem logo na primeira infância. Estima-se que no Brasil dois milhões de pessoas estejam dentro do espectro autista. A constituição de 1988 marca a criação de leis que garantem a inclusão do autista na vida em sociedade, todavia, observa-se um hiato entre discurso e prática inclusiva. Embora a última década tenha trazido avanços científicos que proporcionaram enormes melhorias na qualidade do atendimento ao autista, parte da sociedade ainda desconhece a deficiência e a interpreta como um erro comportamental individual. Pesquisas recentes indicam que processos interdisciplinares podem funcionar como um suporte aos diferentes níveis do espectro por valorizarem os distintos tempos e estilos de aprendizagem. O objetivo dessa proposta foi apresentar no contexto pedagógico, ações de protagonismo do público autista por meio de suas experiências práticas. Concluiu-se que a criação de leis que garantam acessibilidade e inclusão são importantes, mas devem vir acompanhadas de um conjunto de medidas que a favoreçam de fato. A institucionalização da inclusão tem potencial social transformador por facilitar a naturalização das diferenças entre os indivíduos e a construção de um estado democrático de direito pleno.

Palavras-Chave: 

Autismo; Inclusão Social; Pedagogia.

PDF_ico.png