EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM MOMENTO DE PANDEMIA: PROSPECÇÕES DA REALIDADE E DOS DESAFIOS NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA EM MEIO AO COVID-19

Mauro Lúcio Batista Cazarotti, Rafaela Cristina Bergh Pereira

Resumo

O artigo apresenta a realidade Brasileira de Educação a distância (EaD) frente ao impacto ocasionado pela pandemia do COVID-19. Desde o início da dispersão da doença no mundo, e assim diversas instituições educacionais modificaram suas atuações na educação á distancia ou presenciais, que foram forçadas a migrarem para o ensino remoto. Neste percalço o Brasil sofreu grande impacto e desafios na Educação Nacional. Este trabalho foi pautado em um levantamento de dados na base do Google Scholar e tabulados os trabalhos de janeiro de 2020 a julho de 2020 que trouxe os descritores; Educação, EaD e Pandemia do COVID-19. Para tal, foi realizada uma pesquisa bibliográfica e de levantamento de dados. Como resultado, é notório que por um lado a rede pública no Brasil teve mais dificuldades de implementações da Educação a distância, e também que as Universidades Públicas suspenderam suas aulas e as instituições escolares estaduais públicas mudaram algumas, durante a pandemia, ao ensino a distância para não ocasionar grandes impactos no calendário escolar anual. Por outro lado, as instituições privadas conseguiram se adequar mais rapidamente a modalidade de ensino não-presencial, Por vez observou-se que as políticas públicas nacionais houve mudanças relevantes no avanço a educação remota e a distância.

Palavras-Chave: 

Educação a Distância; Ensino Remoto; Docente; COVID-19; EaD.

PDF_ico.png