CONTRIBUIÇÕES DE UM ESPAÇO NÃO FORMAL DE EDUCAÇÃO: A PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES VISITANTES SOBRE O PROGRAMA ESTAÇÃO CIÊNCIAS

Marcos Vinícius dos Santos, Welington Francisco

Resumo

Na atualidade, os espaços não formais de educação têm atraído um grande público para discutir e divulgar o conhecimento científico por meio da interação com ambientes fora da escola. Estes ambientes muitas vezes possuem características próprias, porém buscam promover também a formação de cidadãos críticos e reflexivos. Partindo da necessidade de identificar as percepções dos professores ao participarem das visitas pedagógicas no programa Estação Ciências – espaço não formal de educação – elaborou-se um questionário com dez afirmações contendo respostas alternativas e justificativas (opcionais), que foi aplicado aos professores durante as visitas. Para analisar as respostas coletadas, utilizou-se de gráficos que mostram a quantidade de respostas obtidas e as porcentagens de professores que concordam, não concordam ou não souberam responder as afirmações. As respostas justificadas foram organizadas em categorias, separadas por semelhança de palavras ou temáticas. A pesquisa aponta que as atividades aplicadas no programa Estação Ciências contribuem para a aprendizagem dos estudantes e facilita a compreensão do tema devido a utilização de experimentações investigativas, que agregam ao conhecimento prévio e concretizam o pensamento científico a partir de problemas cotidianos.

Palavras-Chave: 

Espaço não formal; Estação Ciências; Abordagem Investigativa

PDF_ico.png