A FORMAÇÃO DE CIDADÃOS CRÍTICOS

Eliel Queiroz Barros

Resumo

Em meados do século VIII A.C., surge na Grécia a primeira ideia do que hoje entendemos como “cidadania”. Segundo o Ministério da Educação, um dos papéis da escola é a formação de cidadãos críticos, criativos e éticos, mas será que isso de fato acontece? Este artigo levanta uma reflexão sobre como o pensamento crítico afeta a formação das novas gerações.

Palavras-Chave: 

Cidadania, Educação, Formação Pedagógica, Ética.

PDF_ico.png