A ERA DES-INDÍGENA NO BRASIL

Maria Cristina Corino da Fonseca Ishikawa

Resumo

No palco histórico atual brasileiro faz-se necessário criar uma palavra, que nem os grandes dicionários são capazes de abarcar, por tão imensa e cruel significância que ela tem. DES-INDÍGENA vem coberta de características e expressões que só entenderão àqueles que vivenciaram na pele suas faces ou as pessoas que tiveram a sensibilidade de estudar e compreender um pouco da história do povo nativo, originário do Brasil. Entender as características e expressões desta palavra é entender a: desumanização, destruição, descaso, desvalorização, desigualdade social, descaracterização dos povos nativos; desapropriação das terras; desmatamento, desequilíbrio ambiental... É presenciar o massacre, a opressão e o genocídio que assolam a comunidade indígena no Brasil desde a farsante "descoberta" em 22 de abril de 1500. Numa nuance de memórias buscaremos refletir sobre as comunidades indígenas ainda existentes e suas situações atuais.

Palavras-Chave: 

Povos Indígenas; Índio; Desigualdade social

PDF_ico.png