OS ESTUDOS EM NEUROPSICOPEDAGOGIA EM SEUS CONCEITOS E DEFINIÇÕES

Andrea Pavan Bidin Martins

Resumo

Este estudo trata de uma pesquisa bibliográfica de proposta reflexiva que tem por objetivo destacar os principais conceitos que norteiam os estudos nas áreas de Neuropsicopedagogia e Neuroeducação, apresentando as relações entre estas ciências e como tais estudos podem contribuir no processo de ensino e de aprendizagem na escola. Os estudos nestas áreas buscam realizar uma análise das alterações que podem ocorrer nos casos de lesão cerebral, explicitando como tais lesões podem interferir nos processos psicológicos e permite a análise da atividade mental, com o acesso a informações a respeito das lesões em partes complexas do cérebro. A Neuropsicopedagogia é um campo do saber que integra a pedagogia, psicologia, neuropsicologia, psicopedagogia e o trabalho clínico e estabelece a relação entre o cérebro e a aprendizagem. Os estudos englobam o conhecimento do comportamento e de aprendizagem dos indivíduos, englobando os aspectos relacionados as funções motoras, linguagem, memória, cognição e aspectos emocionais, psicológicos e cerebrais. As descobertas no campo da Neurociência são extremamente relevantes e de fundamental importância para a área educacional, estes estudos podem demonstrar e explicitar como o cérebro funciona e como se estabelecem as conexões e estímulos que geram as ações necessárias para a capacidade de desenvolvimento da memória e apreensão de conhecimentos, com o armazenamento de informações recebidas neste processo.

Palavras-Chave: 

Neuropsicopedagogia; Neuroeducação; Aprendizagem; Ensino.

PDF_ico.png