AUTONOMIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Elis Carvalho Ferreira da Silva

Resumo

A partir do comportamento inato das crianças de tocar, sentir, experimentar e de descobrir o mundo o qual estão inseridas como sujeitos ativos e produtores de cultura, consideramos a curiosidade infantil como um dos pilares fundamentais para a busca natural do conhecimento. Compreende - las como pequenos cientistas que buscam investigar o seu ambiente, refletir e perguntar sobre ele é importante para direcionar o trabalho docente que provoque e desafie o pensamento de forma autônoma e criativa.

Palavras-Chave: 

Autonomia; Educação Infantil; Aprendizagem.

PDF_ico.png