CARACTERIZAÇÃO DE MUSEUS DA CIDADE DE BLUMENAU-SC: POSSÍVEIS ESPAÇOS PARA O ENSINO DE QUÍMICA

Camila Vitória Ineichen, Keysy S. C. Nogueira

Resumo

Nesta pesquisa realizou-se um estudo de caracterização de três museus da cidade de Blumenau-SC como possíveis espaços de ensino não formal com potencial para o desenvolvimento de conceitos químicos. Para que os objetivos fossem alcançados, inicialmente, contatou-se os responsáveis dos museus de Blumenau-SC para apresentar a proposta da pesquisa e considerar se poderiam participar da investigação. Após os participantes terem aceitado, iniciou-se a etapa de coletada de dados realizada por meio de entrevistas semiestruturadas, análise de documentos, portfólios, site dos museus, entre outros. Foi realizado o mapeamento de três museus: Museu da Água, Museu Fritz Müller e Museu Hering. Foram propostas as oficinas, a saber: “Taxidermia: aqui tem química”, “Coloração e os alvejantes: tem química?” e “A química e a água que consumismos”. Esta investigação possibilitou compreender como o ensino de química pode ser pensado para o contexto dos museus e, principalmente, os desafios enfrentados pelos museus em atrair seus visitantes.

Palavras-Chave: 

Ensino de Química; Espaços não formais; Museus.

PDF_ico.png