APRENDIZAGEM EM QUÍMICA: ANÁLISE DE DESENHOS

Eder Alonso Castro

Resumo

O presente estudo é um ensaio sobre a análise de desenhos realizados por estudantes do primeiro ano do curso de Ensino médio integrado ao técnico em química do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Brasília. Nosso objetivo é identificar qual a relação dos sujeitos que participaram da pesquisa com a aprendizagem em química, com a escola e com os docentes. Para fundamentar nossa análise utilizamos diversos autores que trabalham a interpretação de desenhos, entre eles destacamos: Visca (2018) e Bádard (1998), que nos apresentaram elementos fundamentais para entendimento e interpretação das imagens analisadas. A pesquisa de campo, coleta de trinta desenhos, foi realizada no início do ano letivo de 2020, quando as atividades ainda eram presenciais. Após a coleta dos desenhos passamos a fazer uma análise, na qual foram criadas três categoria de classificação: instrumentos, símbolos e sentimentos, em cada uma das categorias classificamos dez dos desenhos iniciais. Neste artigo, apresentamos uma síntese das análises realizadas, para tanto, selecionamos três desenhos de cada uma das categorias. Como resultados do nosso estudo podemos identificar que as imagens analisadas retratam os sentimentos mais diversos dos sujeitos participantes, demonstram sua relação com o processo de aprendizagem, suas seguranças, frustações, medos, desejos e anseios. O estudo tem a perspectiva de continuidade, que serão apresentadas em outras publicações, confrontando as análises com os autores das imagens.

Palavras-Chave: 

Aprendizagem Significativa; Aprendizagem em Química; Interpretação de Desenhos.

PDF_ico.png