ABORDAGEM DAS QUESTÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE NAS ESCOLAS: ESTRATÉGIA PARA A NÃO PREVALÊNCIA DO BULLYING

João da Silva Machado, Débora Raquel da Costa Milani

Resumo

O presente artigo se justifica pela necessidade de se abordar o tema da sexualidade nos espaços escolares. Este trabalho objetiva fomentar a reflexão acerca dos sentidos produzidos sobre gênero e sexualidade no ambiente educacional. Para tanto a ação desenvolvida contou com a Matemática e a técnica do artesanato para abordar uma aprendizagem interdisciplinar como estratégia a não prevalência do bullying. Aulas expositivas e debates impulsionaram os trabalhos. Os alunos puderam desenvolver as habilidades previstas pelo Currículo no Componente Curricular de Matemática por meio do artesanato e entender que tanto homens como mulheres podem desenvolver trabalhos manuais sem discriminação ou preconceito. Todas as ações aplicadas em sala de aula foram devidamente registradas e os resultados mostraram espaços de reflexão e aprendizagem. Com o estudo realizado pode-se chegar à conclusão de que a Matemática se tornou algo descomplicado e, além disso, questões de gênero e sexualidade puderam ser discutidas e desmistificadas.

Palavras-Chave: 

Bullying; Sexualidade; Interdisciplinaridade.

PDF_ico.png