INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN NO PROCESSO EDUCATIVO: UMA VISÃO PSICOPEDAGÓGICA

Maria Edina Rodrigues

Resumo

O presente artigo objetiva apresentar a importância da inclusão de crianças com síndrome de Down dentre outras necessidades educacionais no processo educativo e social. Com isso, procura - se entender qual a importância da formação do professor, suas metodologias, como ocorre o processo de diversidade em sala de aula, além de definir a importância do psicopedagogo junto à criança, escola e aos pais. Para tanto, propõe- se a reflexão em torno da formação de uma educação que seja capaz de ampliar a conscientização das pessoas, despertando os sentimentos de cidadania da população, e o mais importante que é propor oportunidades para aqueles que são vistos como “diferentes” na sociedade. Ademais, afim de melhor desenvolver este trabalho, toma- se como referencial teórico os estudos desenvolvidos por Magalhães (2002), Mazzotta (2001), Pueschel (2005), Castro (2011) entre outros, analisando suas categorias analíticas, no que diz respeito ao processo de inclusão e a não discriminação das pessoas com NEE’s (Necessidades Educacionais Especiais). Apresenta-se um resgate histórico das causas e genética da síndrome de Down, um estudo geral da educação especial no objetivo de inclusão, e ainda, aprofundamento quanto a atuação do Psicopedagogo junto a escola e a família.

Palavras-Chave: 

Educação; Inclusão; Formação.

PDF_ico.png