A ETNOTEOCRACIA DEMOCRÁTICA DO ESTADO DE ISRAEL:
PRESSUPOSTOS, IMPLICAÇÕES E DESAFIOS À TEORIA DEMOCRÁTICA

Rui Samarcos Lora

Resumo

O artigo objetiva debater e analisar a forma de governo israelense à luz dos principais conceitos de democracia, de modo a permitir caracterizar Israel como uma etnoteocracia democrática. Para tanto, é necessário descrever a dificuldade de Israel em separar religião e etnia, assim como verificar como a falta de Constituição afeta e enfraquece as decisões da Suprema Corte do país. Ademais, a atuação das Força de Defesa de Israel será levada em consideração para a configuração do trabalho face à sua independencia institucional e por conjugar o elemento sionista religioso em sua organização.

Palavras-Chave: 

Geopolítica; Israel; Etnoteocracia; Consociativismo; Sionismo.

PDF_ico.png