O TRABALHO LÚDICO COM A MATEMÁTICA E A CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN

Cristiane Teles Avelar

Resumo

Este artigo visa compreender as dificuldades encontradas na Inclusão e escolarização do aluno com síndrome de Down na matemática de forma lúdica, mostrar para a sociedade o que realmente é Inclusão, como sabemos hoje a educação, direciona-se para a transformação e formação, na qual se baseia um ensino de inclusão e integração escolar, visto que algumas escolas não estão preparadas para receber o aluno com síndrome de Down, lembrando que a inclusão só ocorrerá com a parceria entre família e escola. Muitos professores acham preocupante a inclusão de crianças com síndrome de Down, embora algum possuísse a formação necessária para atender e entender as necessidades nessas crianças, pois cada criança possui um tempo de aprendizagem que deve ser respeitado, independente se possui algum tipo de necessidade educacional, desta forma deve ser ter um estímulo para formação continuada dos professores em que são realizadas capacitações, que além de buscarem novos métodos de ensino, precisam entender sobre os vários tipos necessidades para que possam agir quando necessário. A inclusão só vai acontecer na escola com professores e alunos respeitando as diferenças, todas as formas de preconceito devem ser erradicadas e todos precisam ser tratados iguais, vivendo experiências com os outros, a inclusão acolhe sem descriminação pela raça, cor, classe social, assim todos ocupam um espaço na sociedade. Todas as crianças dever ter o direito ao ensino de qualidade independente da sua condição social ou afins.

Palavras-Chave: 

Inclusão; Aprendizagem; Síndrome de Down; Matemática; Ludicidade.

PDF_ico.png