O PAPEL DA ESCOLA NO DESENVOLVIMENTO DO ALUNO AUTISTA

Amanda de Sousa Coelho

Resumo

O artigo demonstra como é possível garantir ao autista maior autonomia para a realização das atividades cotidianas, melhoria do relacionamento e interação social como demais indivíduos e a conquista de uma melhor qualidade de vida. A presente pesquisa foi realizada por meio de uma pesquisa bibliográfica de objetivo exploratório sobre o conteúdo abordado. Analisamos as informações coletadas e percebemos que as crianças autistas estão cada vez mais inseridas na escola regular, por sua vez destacamos que os professores ainda não estão tão preparados para lidar com as situações presentes ao incluir o aluno, ainda sentem dificuldades, apesar de buscarem atividades pedagógicas para garantir uma aula que desenvolva habilidades nas referidas. Face ao exposto, considera-se que ainda falta muito para se implantar a inclusão dos alunos autista na rede regular, são necessários professores, coordenadores, diretores em formação profissional adequada e especializada, para assim desenvolver nas crianças uma aprendizagem que ainda não foi alcançada, deste modo o papel do professor é procurar promover a interação do aluno autista com os colegas e com todo o contexto escolar, transformando suas necessidades em igualdade.

Palavras-Chave: 

Educação Inclusiva; Autismo; Educação; Professor.

PDF_ico.png