AS CONTRIBUIÇÕES DO PATRIMÔNIO AFRICANO E AFRO-BRASILEIRO PARA A PRÁTICA DOCENTE

Mônica Gorete Cardim Almeida

O presente trabalho tem como objetivo elencar importantes contribuições do patrimônio africano e, consequente, afro-brasileiro, mediante a história do nosso país, para a prática docente, tendo em vista a suma importância de trabalhar tal temática, atendendo, inclusive, a Lei n.º 10.639/03 que dispõe sobre as novas diretrizes curriculares para o estudo da história e cultura afro-brasileira e africana. Isso, porque a temática étnico-racial é constituinte e formadora da sociedade brasileira, em que os negros devem ser reconhecidos como sujeitos históricos, valorizando-se, portanto, o pensamento e as ideias de importantes intelectuais negros brasileiros, a cultura (música, culinária, dança) e as religiões de matrizes africanas. Para tanto, nada melhor que conhecer um pouco mais dessa parte da história que, por décadas foi oculta, de tantas contribuições não só para o nosso país, como para o mundo. E proporcionar, desde a Educação Infantil, referenciais para as crianças é fundamental, para torná-las “empoderadas” e valorizadas, trabalhando a questão da igualdade, mediante o respeito das diferenças, algo fundamental para uma sociedade mais justa para todos.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Berço da humanidade – Contribuições do patrimônio africano - Educação – Literatura – Referenciais.

Baixar texto completo

PDF_ico.png