A INSERÇÃO DO IMIGRANTE NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA NO ESTADO DE SÃO PAULO

Elisete Gordolina dos Santos

Este artigo tem como proposta de pesquisar se o imigrante está tendo suporte na sua inserção educacional, social e cultural, de maneira a se adaptar as diversidades de um país que não é o seu de origem. Para obtermos essas informações foi realizado um estudo bibliográfico sobre o acesso dos imigrantes na educação brasileira, por meio de leituras, a partir de livros, sites, artigos e fontes eletrônicas que tratam sobre o tema pesquisado. Para então, analisar as ideias e posicionamentos de alguns estudiosos sobre o tema, levando em conta a importância das iniciativas públicas e privadas, em proporcionar aos imigrantes, acesso à educação e melhores condições de vida. Percebe-se que o imigrante ainda tem um papel primordial não só na cultura brasileira, mas também no sistema educacional do país. O que nos leva a refletir sobre a importância do imigrante na educação do Brasil. Não somente dentro das salas de aula, mas sim, nos diferentes tipos de vivências e que certamente traz implicações para a vivência educacional desses grupos. Por fim, podemos afirmar que há diferenças marcantes entre as escolas e as demandas dos pais e que se faz necessário um curso de nivelamento para os alunos recém chegados e, que isso facilitaria seu processo de aprendizagem.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Educação; Imigrante; Brasil; Cultura

Baixar texto completo

PDF_ico.png