LUDOPEDAGOGIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Eliane Varga Lima

O Objetivo do presente estudo foi analisar as atividades lúdicas podem desempenhar um papel relevante no processo de ensino-aprendizado e no desenvolvimento da criança na educação infantil em seus múltiplos aspectos: cognitivo, afetivo, social, motor, ético, estético, entre outros, e expressam o modo pelo qual uma criança reflete, ordena, constrói e reconstrói o mundo à sua maneira. O desenvolvimento de atividades lúdicas na educação infantil pode reestruturar o espaço e tempo escolares e, principalmente, as relações estabelecidas entre as crianças e o conhecimento, das crianças entre si e com os docentes. Torna-se importante, portanto, conhecermos melhor os limites e as possibilidades das atividades lúdicas na educação infantil e o que está em “jogo” na vida cotidiana escolar de nossas crianças e docentes. Como brincam, por quais jogos se interessam, quais são os temas de suas brincadeiras, quais objetos utilizam, como os utilizam e por que o fazem? Compreender o processo de organização cotidiana do lúdico em uma escola de Educação Infantil e a relação desse processo com o jeito de ser de alunos e docentes implica em trazer à reflexão comportamentos marcados por significados e sentidos inseparáveis das histórias dos sujeitos envolvidos. A Contribuição da pesquisa foi como reflexão sobre como as atividades lúdicas ajudam na construção do conhecimento e podem revelar diferentes tipos de sentimentos, levando aos poucos a criança a aceitar a existência do outro e o quanto o educador deve usar e abusar dessa ferramenta na sua prática para melhor conduzir o processo de ensino-aprendizagem.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Lúdico; Educação Infantil; Ensino; Aprendizagem.

Baixar texto completo

PDF_ico.png