A MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA EM CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL

Erika Tatiana Garcia de Oliveira Toledo

O presente artigo aborda a proposta de utilização da música como instrumento psicopedagógico de motivação em crianças com paralisia cerebral, objetivando demonstrar a influência da música, como elemento para contribuição do desenvolvimento e a possibilidade de interação da criança com paralisia cerebral, auxiliando em seu processo de aprendizagem. A inclusão é fundamental no meio escolar e na sociedade. A música pode trazer colaborações imensuráveis para o desenvolvimento cognitivo, social e emocional das crianças. As crianças portadoras de paralisia cerebral possuem grande dificuldade de aprendizagem, a influência da música e sua relevância, enquanto função estimulante para o corpo e para as emoções, sugere que a escola deve oportunizar a convivência com os diferentes gêneros, apresentando novos estilos, proporcionando uma análise reflexiva do que lhe é apresentado, permitindo que o aluno se torne mais participativo e crítico

RESUMO:

Inclusão; Paralisia Cerebral; Musica.

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png