REAÇÕES ANATÔMICAS E FISOLÓGICAS DO FRANGO DE CORTE AOS FATORES INTRÍSECOS:
SÍNROME DA HIPERTENSSÃO PULMONAR-ASCITE

Maria Elizangela Cavalcante Alves

As limitações anatômica e fisiológica da circulação sanguínea nos pulmões decorrentes de fatores intrínsecos como a linhagem, sexo, altitudes, temperatura e a composição da ração de frangos de provocam a Síndrome de Hipertensão Pulmonar (PHS); esta pode provocar grande acúmulo de fluido na cavidade abdominal, quando o organismo do frango não consegue absorve-lo ocorre o agravamento e a ascite se desenvolve levando o frango a morte pela redução da eficiência da circulação sanguínea que resulta em hipóxia, predominantemente no período entre 30 e 40 dias de idade. O objetivo deste trabalho é informar aos leitores ocorrência da síndrome ascistica, descrever a anatomia e fisiologia dos órgãos acometidos pela ascite, síndrome por meio de uma revisão bibliográfica a e as medidas de profilaxia para haja uma diminuição da mesma. Já que, uma vez desencadeado o processo ascítico a ave dificilmente é aproveitada no abate, por causa da restrição do consumo de alimento, ganhando menos peso. Adicionalmente, a carcaça apresenta aumento do volume da cavidade abdominal e consequente congestão dos órgãos internos. As descrições anatômicas e fisiológicas alem de medidas de prevenção, estão apresentadas neste artigo. Os programas de melhoramento de linhagem de frangos de corte que tem como objetivo alcançar a máxima velocidade de ganho de peso corpora para viabilizar maior rentabilidade e viabilidade, podem desencadear algumas síndromes com características fisiológicas e anatômicas ligadas diretamente aos órgãos internos como coração, fígado e pulmões, dentre as quais se destaca neste trabalho, a ascite. A ascite se enquadra no conceito das síndromes multifatoriais, uma vez que sua manifestação ocorre quando certos fatores genéticos e ambientais atuam em conjunto determinando o processo quadro clínico.

RESUMO:

Fatores intrínsecos; Hipertensão pulmonar; Ascite; Frango de corte; Órgãos internos.

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png