O ENSINO SUPERIOR PÚBLICO E PRIVADO NO BRASIL

Jéssika Lana Fonseca da Silva

Resumo

O artigo analisa como o ensino superior brasileiro apresenta três tendências: crescimento, diversificação e crescimento do setor privado. Ênfase especial é colocada no terceiro. São apresentados dados e argumentos sobre o crescimento do setor privado e as possíveis causas desse aumento nas matrículas na graduação e sua participação percentual no total nacional. Em particular, o caso de instituições de ensino superior não universitárias ou de baixo perfil é analisado e há especulação sobre o papel complementar que parecem ter no ensino superior na oferta de oportunidades educacionais para aqueles que, por razões de economia ou espaço limitado. O crescimento da participação das instituições privadas no ensino superior parece ser um sinal dos nossos tempos. Além do inquestionável aumento quantitativo das matrículas em todos os níveis educacionais na maioria dos países, a taxa de crescimento e a proporção do total alcançado pela educação privada, particularmente no nível superior (graduação), é verdadeiramente importante.

Palavras-Chave: 

Argumentos; Crescimento; Diversificação.

PDF_ico.png