AVALIAÇÃO DO RISCO DE ESTRESSE E DEPRESSÃO GESTACIONAL E PUERPERAL EM MULHERES ATENDIDAS PELO CENTRO SAÚDE DA MULHER DE PONTA GROSSA-PR EM TEMPOS DE COVID-19

Cleiber Marcio Flores, Luana Flores, Prof. Drª Josiane de Fátima Gaspari Dias , Prof. Drª Marilis Dallarmi

Resumo

O objetivo deste trabalho é avaliar a incidência do estresse e depressão no período pré-parto em comparação ao período puerperal em mulheres do município de Ponta Grossa – PR. Trata-se de um estudo longitudinal e prospectivo realizado com um grupo de 16 gestantes sem diagnóstico de transtornos pré-existentes. O trabalho foi realizado no Centro Municipal da Mulher do município de Ponta Grossa – PR. Para avaliar o nível de estresse e depressão que as mulheres passaram durante o período da gestação e do puerpério, foi aplicado os questionários Patient Health Questionnaire – 9 (PHQ-9) e o Perceived Stressed Scale (EPS-10). As mulheres foram selecionadas pelo tempo de gestação, iniciando as respostas do questionário no terço final da gestação. Todavia que a pesquisa foi realizada antes e após o parto, abrangendo mulheres de 19 a 45 anos de idade. Os questionários foram aplicados uma vez ao mês durante os meses de julho a outubro. Foi possível observar que todas as participantes apresentaram certo nível de transtorno depressivo e de estresse. Quanto a depressão, os dados foram mais alarmantes e expressivos, grande percentual das participantes apresentou níveis altos, na escala utilizada. Em relação a percepção de estresse, as médias dos scores obtidos foram menos expressivos. Tanto em relação a depressão, quanto ao estresse, as mulheres com idades superiores demonstraram scores de pontuação mais elevados, quando comparados as mulheres mais jovens. Sendo assim, ressalta-se a importância do acompanhamento das gestantes e puérperas, a fim de garantir a saúde e qualidade de vida dessas mulheres.

Palavras-Chave: 

Ansiedade; Depressão; Depressão Pós-Parto; Gravidez.

PDF_ico.png